Os Cinco Ritos Tibetanos – A fonte da Juventude

O nosso corpo tem sete centros de energia, que podem ser chamados vórtices, ou chacras.

Trata-se de poderosos campos energéticos, invisíveis aos olhos, mas cuja existência é indiscutível. Os sete vórtices controlam as sete glândulas do sistema endócrino, e estas, por sua vez, regulam todas as funções do corpo, inclusive o processo de envelhecimento.

  • 7chakrasO primeiro vórtice (denominado chacra da Raiz) situa-se na base da espinha;
  • O segundo (o chacra sexual), na região do baixo-ventre, abaixo do umbigo;
  • O terceiro (o chacra do plexo solar), acima do umbigo e abaixo do peito;
  • O quarto (o chacra cardíaco), no centro do peito;
  • O quinto vórtice (o chacra da garganta) fica na base do pescoço;
  • O sexto (o chacra do terceiro olho),no centro da testa, entre as sobrancelhas;
  • E o sétimo, o vórtice mais elevado (o chacra coronário), localiza-se no alto da cabeça;

Num organismo sadio, todos esses vórtices giram a grande velocidade, fazendo com que a energia vital, flua, subindo pelo sistema endócrino. Mas, se um ou mais desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo da energia vital fica inibido ou bloqueado – e disso resulta o envelhecimento ou a doença. Num indivíduo jovem, esses vórtices estendem-se para fora do corpo, mas nos velhos, fracos e doentes, eles mal conseguem atingir a superfície. O modo mais rápido de se recuperar a saúde, vitalidade e juventude é fazer esses centros de energia voltarem a girar normalmente.

Existem cinco exercícios simples para tal finalidade. Qualquer um deles sozinho já é bom, mas os melhores resultados são alcançados quando se praticam juntos. Esses exercícios não são uma ginástica. Os lamas  chamam-lhes  de ‘ritos’.

Os Cinco  Ritos Tibetanos  são a chave para a vitalidade, saúde e juventude, restabelecem o equilíbrio dos sete centros de energia.

RITO NÚMERO 1

O primeiro rito é muito simples É feito com o propósito expresso de aumentar a velocidade dos vórtices. As crianças costumam fazê-lo quando brincam

Rito nº1


Tudo o que  tem a fazer é ficar de pé, erecto  com os braços estendidos para os lados, na horizontal.

Em seguida, gire de um lado a outro até ficar um pouco tonto. Lembre-se! é importante começar a girar partindo da esquerda para a direita. Em outras palavras, se você colocasse um relógio deitado no chão, teria de girar seguindo os ponteiros deste.

De início, a maioria dos adultos não conseguirá girar mais do que meia dúzia de vezes sem ficar bastante tonto. Como iniciante, não deverá tentar mais do que isso. Se tiver vontade de sentar ou deitar para se recuperar da tontura, faça-o à vontade. Nas primeiras vezes, pratique o rito somente até sentir uma ligeira tontura. Com o tempo, à medida que for fazendo todos os cinco ritos, você será capaz de girar cada vez mais vezes, sentindo menos desconforto.

RITO NÚMERO 2

rito22ritoA

rito2b
Rito nº 2

O segundo rito estimula ainda mais os sete vórtices. Ele também é muito simples. A pessoa fica deitada de costas no chão, sobre um tapete ou qualquer outro forro macio. Uma vez deitado de costas, estenda os braços ao longo do corpo e vire as palmas das mãos para o chão, mantendo os dedos fechados. Então, erga a cabeça do chão, encostando o queixo no peito. Ao mesmo tempo, vá levantando as pernas, com os joelhos rectos, até ficarem na vertical. Se possível, deixe as pernas descerem para trás, ficando sobre a cabeça, mas não dobre os joelhos. Depois, vagarosamente, abaixe a cabeça e pernas, mantendo os joelhos firmes, até voltar à posição inicial. Deixe os músculos relaxarem e depois repita o rito. A cada repetição, estabeleça um ritmo de respiração: inspire profundamente ao erguer as pernas e a cabeça; expire todo o ar dos pulmões ao baixá-las. Quanto mais profundamente respirar, melhor. Se você for incapaz de manter os joelhos perfeitamente rectos, dobre-os o mínimo necessário. Mas, prosseguindo na prática, empenhe-se em manter as pernas sempre bem estendidas.

RITO NÚMERO 3

Este rito deve ser praticado logo depois do segundo e é também muito simples.

rito3 Ajoelhe-se no chão com o corpo erecto e os braços estendidos paralelamente ao corpo. As palmas das mãos devem ficar encostadas na lateral das coxas.Incline a cabeça para a frente, até o queixo tocar o peito. Depois, atire a cabeça para trás, o máximo possível e, ao mesmo tempo, incline-se para trás, o máximo possível e, ao mesmo tempo, incline-se para trás, arqueando o corpo.

rito 3a

Feito isso, volte à posição original e comece de novo o rito. Inspire profundamente quando arquear a espinha e expire ao voltar à posição erecta. A respiração profunda é extremamente benéfica, por isso encha os pulmões o máximo que conseguir.

rito3b
Rito nº 3

RITO NÚMERO 4

rito4Primeiro, sente-se com as pernas estendidas para a frente, deixando uma distância de uns quarenta centímetros entre os pés. Mantendo o corpo erecto, coloque as palmas das mãos no chão,voltadas para a frente, ao lado das nádegas.

rito4a

rito4b

rito4c
Rito nº 4

O tronco e as coxas deverão ficar rectos  horizontalmente em relação ao chão; os braços e as pernas estarão em posição perpendicular ao chão, todos os músculos deverão estar tensos. Por fim, relaxe ao voltar à posição inicial e descanse antes de repetir o exercício.

Uma vez mais, a respiração é importante. Inspire profundamente ao elevar o corpo,segure a respiração durante a tensão dos músculos e expire completamente enquanto volta à posição inicial. Continue respirando ao mesmo ritmo no intervalo entre as repetições.

RITO NÚMERO 5

rito5

Deite-se de bruços no chão. Em seguida, erga o corpo, apoiando-se nas palmas das mãos e dedos dos pés, que deverão ficar fletidos. Durante todo o rito, mantenha uma distância de cerca de 50 centímetros entre os pés e entre as mãos. Mantendo pernas e braços retos, arqueie a espinha e leve a cabeça para trás o máximo possível. Depois, dobre pelas nadegas, erga o corpo até ele ficar como um invertido. Ao mesmo tempo,

Rito nº 5
Rito nº 5

encoste o queixo no peito. Volte à posição inicial e repita. Inspire ao erguer o corpo e expire quando o baixar.

Na primeira semana pratique cada rito três vezes ao dia. Depois, de semana em semana, vá aumentando as repetições de duas em duas, até estar fazendo cada rito 21 vezes por dia. Em outras palavras, na segunda semana execute cada rito cinco vezes; na terceira, execute cada rito sete vezes; na quarta semana, execute cada rito nove vezes por dia, e assim por diante. Em dez semanas estará fazendo cada um deles 21 vezes por dia.

Nos intervalos entre as repetições, fique de pé, erecto  com as mãos nas ancas, e respire profundamente várias vezes. Ao expirar, imagine as tensões a sair do seu corpo, deixando-o relaxado. Quando inspirar, imagine uma sensação de bem-estar invadindo o seu corpo.

Fonte:

“A fonte da Juventude” Peter Kelder

Videos relacionados

http://www.youtube.com/watch?v=aK5hYka1U8c 

http://www.youtube.com/watch?v=3gGRRnuXWNk&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=oiVrQMNmTBU&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=1MBR-OyRVBI&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=zROhzYHPW50&feature=related

Anúncios

49 pensamentos sobre “Os Cinco Ritos Tibetanos – A fonte da Juventude

  1. Minha mãe faz regularmente,a dez anos,e ela melhorou em todos os sentido,pele,cabelos escureceram,pois já estavam totalmente brancos,ela tem 85 anos ,porém ainda corre, só atribuímos toda essa vitalidade as 5 ritos

  2. Antonia martins. faço esses ritos há um mês é realmente maravilhoso,recomendo.

  3. Achei muito interessante, o rito n 4 eu não consegui fazer corretamente. Não consigo alinhar a coluna, alguem tem uma dica de como fazê -lo?
    Obrigado.

    1. NO INICIO É UM POUCO DIFÍCIL, MAS COM O TEMPO CONSEGUIRÁ FAZE-L0 COM FACILIDADE. FAÇO OS CINCO RITO HÁ MAIS DE 30 ANOS, RECOMENDO.

  4. eu estou fazendo esses ritos e são muito bons, hoje fazem cinco dis que estou fazendo, ainda faço três repetições de cada um,eu sou gordinho e pesado, tenho um poco de dificuldade para fazer o quanto rito, a postura da mesa, mais eu faço do jeito que eu consigo, levanto um pouco , mais logo vou começar a emagrecer e i vai ficar mais fácil fazer o quarto rito

    1. Oi Luciano! nao sei se vc continua a praticar os ritos, mas posso te assegurar que vale a pena. Eu tenho 53 anos e comecei a praticar a dois anos, faço isso diariamente e só tem me trazido benefícios. Eu eu vivia com dores fortíssimas nas articulações, estava acima do peso e sempre cansada, quando comecei a praticar os ritos melhorei 100% das dores, tenho uma flexibilidade incrível e emagreci 10kg e nunca mais nestes dois anos tive um único resfriado sequer. Pra mim esta sendo MARAVILHOSO! Mas precisa ter determinação e proposito pra nao desistir, porque as vezes bate aquela preguiça e a gente pensa, hoje nao vou praticar e vai deixando até desistir. Eu nunca deixo isto me dominar e posso dizer vale a pena.

  5. Muito simples e eficiente. É exercitar e acreditar no que está acontecendo. Por isso que compartilho com prazer.

    1. Oi gente eu tenho 58 anos , e me deparei com o livro de peter kelder no lixo , achei ele, a fonte da juventude e comecei a ler e gostei sou meio curioso, entao comecei a praticar os cinco ritos . depois de uns nove dias de pratica , nem me lembrava mais, praticava por praticar, então ao descer do unibus, no caminho de casa eu senti uma sensação maravilhosa, um bem estar incrivel, nao consigo definir, nem explicar so sei que eu nao gastaria nem de imaginar em ficar sem aquela senssaçao. mais. minha musculatura com uma força uma vontade fazer exercicios fisicos varria o terreiro pra minha mae, ficava acordado mais tempo vontade de viver a libido aumentou muito , so que depois de uns meses essas coisas foram ficando cada vais mais raras apesar de eu estar fazendo os exercicios todos os dias acho que o argansimo se acostumou fiquei muito triste, hoje essas alegrias voltam mais devagar mas mesmo assim pratico até voltar a te-las de volta gosaria de que alguem me ajudasse a explicar porque e

      les sumiram abrigado.

      1. Esta reação de alegria e bem estar é normal. não há, aparentemente uma explicação quanto ao desaparecimento desta euforia,mas mesmo assim recomendo que continues a praticar os ritos, poissão ótimos para energizar o dia a dia.

      2. Boa tarde, quando estava a sentir-se bem, é por causa do balanceamento dos chakras que estavam fora de linha, acontece que com o passar do tempo, quanto mais longe da realidade você se direcionar não interessa quantos ritos fizer, vai estar indo contra o proposito da vida aqui, e quanto mais longe, mais sofrimento e cada vez pior ficas, reveja o que tens feito, com o que tem trabalhado, quem tens ajudado, e o que tem pensado que garanto que vai chegar a esta resposta. Att Ruslan Haidar

  6. Recomendo, pratico há muito tempo e todos os problemas relacionados a articulação e até minha próstata nunca deu problema.

  7. Estou fazendo estou na semana dos 15 me sinto muito bem,não tive mais dores no corpo o que sentia constantemente,recomendo, ah sem contar que
    senti modificações em relação a estética me sinto mais magra.

  8. Gostaria de saber, porque faco o primeiro rito, com facilidade, como se nao precisasse parar, sem muita tonteira e, quanto, aos de numeros 4 e 5, ate agora, nao os consigo realizar.Nao realizar esses ultimos, no inicio, parece me natural, o que estranho e fazer o outro com facilidade.Obrigado.lin de varga

    1. Eu comecei hj e não consegui fazer o rito 4, aliás tive um mal estar intenso, tontura, sensação de desmaio e comecei a suar mto. Parei e consegui devagarinho voltar a me sentir melhor. Foi horrivel! Queria mto fazer esses exercícios, mas agora fiquei com medo.

  9. Tenho 78 anos e pratico os 5 ritos ha 13(treze) anos ! – Realmente são MILAGROSOS. Quem começar a praticá-los, deve fazer uso da paciência, pois para praticá-los corretamente leva 10 semanas. Vale a pena. RECOMENDO! – Antonio.

  10. É muito bom só faz bem, melhora sono,as articulações a flexibilidade , me sinto otima.

  11. Faço esses movimentos a to anos na real isso sao mesmo ritos tibetanos Que São reposição das voltices no lugar td dia elas saem do lugar esses movimentos recolocar no lugar evitando desgaste do esqueleto
    Ajudando nas posturas e funcionamento dos órgãos inteiro sou terapeuta e usava com meus paciente e comigo sempre fiz e até hoje faço tenho 70 anos cronológica
    Fique feliz em ver algo que tanto ja usei com pessoas e comigo vou fazer a te quando não aguentar mais fazer não são tão fáceis mas com o tempo vc consegue
    .boa sorte

    40 anos de esqueleto parte de ortopedia

  12. Faço os ritos a três anos e sinto que eles me dão muita flexibilidade e disposição, mais é importante ter a mente sempre positiva para os benefícios também , pois as vezes os problemas nos tiram a vontade e a preguiça procura vencer, é importante também estar sempre dando uma olhada na forma correta de fazer , principalmente na respiração e atitude mental!!!!!

  13. Obrigada. Os Cinco Ritos Tibetanos –É verdadeiro fonte da Juventude para aqueles que praticam! Mas existem Tecnologias DeVita, que são o exemplo de inovações tecnologicas que não têm analogos no mercado mundial. Сerca de 100 000 utilizadores em todo o mundo reconhecem nos equipamentos DeVita o “elixir de vida e de juventude”. Ler mais https://www.facebook.com/DEHoldingPT/

  14. Eu pratico a 3 anos e posso afirmar
    ..REJUVENESCER mesmo…Mas tem uma diferença…antes de dormir eu repito 21 vezes… ” Eu tenho 25 anos ” Quando vc envia este comando para o subconsciente, ele trabalha a seu favor…Mente sã…corpo saudável…

  15. Alguém pode me esclarecer uma dúvida? Como realizar os ritos 21 vezes? Pode-se fazer 21 repetições seguidas ou divididas em horários diferentes?

  16. Pra mim foi péssimo! Qdo fui começar a fazer o rito 4 passei tão mal que achei que ia desmaiar, mto suor, ansia de vomito ai comecei a respirar fundo ate ir melhorando. Não estou com coragem pra fazer depois de susto. Alguém sabe me dizer se é normal?

    1. Provavelmente é a falta de exercícios que causou isso, mas faça sempre do seu jeito, no seu ritmo sem forçar nada.

  17. Se alguém tem dúvida da eficácia dos Ritos Tibetanos, vejam uma fotografia recente da cantora da Jovem Guarda, a WANDERLÉA . Ela pratica os ritos faz anos. Observem o aspecto jovem dela!
    Os Ritos Tibetanos são miraculosos!

  18. Tenho feito os 5 ritos, todos os dias. Todavia, até hoje tenho uma dúvida.Os ritos são,claramente, orientados a serem feitos da esquerda para a direita, sentido horário. Os derviches, em vários videos no you tube, os fazem da direita para a esquerda.Qual seria o sentido mais recomendado ou correto?Acho que a atriz Letícia Spiller os faz também da direita para a esquerda.Obrigado.Aguardo.

  19. Eu entendi sobre as repetições tem que ir aumentando conforme as semanas, mas o que eu não li ate agora seria quantas repetições de cada postura tenho que fazer? E qual a função da postura 1 de virar somente no sentido horário? Porque não posso fazer para os dois lados? Isso tem algum fundamento? Obrigada!

  20. Já falei acima,no dia 16-8., mas gostaria de reforçar a minha pergunta sobre a direção do giro e também reforçar a fala da Tatiane aí em cima: Pode-se fazer o giro para ambos os lados?Faço com facilidade para ambos os lados, com mais dificuldade da direita para a esquerda.

  21. grato pelos ensinamentos, coloque umas posturas de yoga que possam facilitar mais pra mim por favor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s